8 de novembro de 2006

Smokin With The Beatles

The ciggies..


5 comentários:

Sandro disse...

Ly..

Li o seu artigo sobre a morte e fiquei sensibilizado.

Acho que não temos que pensar no que será dos nossos restos... das coisas que deixamos mas, sim o que somos e como passamos nossa imagem para todos... por que tudo se perde... menos as lembranças.


Há um tempo atrás eu assisti pela milionésima vez Blade Runner, do Ridley Scott. Uma das cenas aparecia um andróide morrendo no alto de um prédio e ele se preocupava para onde iriam as suas lembranças, suas memórias (por ser um robô, ele não as levaria com ele para a eternidade) e ele dizia que suas lembranças iriam se perder no tempo, como lágrimas na chuva. Eu penso que é justamente isso que acontecerá com as coisas que deixamos, serão perdidas, esquecidas, largadas.

Ly... torne seus momentos eternos... viva-os com intensidade. Há uma semana eu tive o prazer de proporcionar para mim e para uma grande amiga de ver o espetáculo do "Fantasma da Opera" e ao final do espetáculo, ela me disse uma frase simplesmente interessante : "Acabamos de vivenciar um momento eterno". Faça isso com os seus momentos... viva-os... o que passou passou...


Torne sua existência eterna para os que te rodeiam... o resto é resto !!!!!!


Beijocas,



Sandro

me disse...

Lennon fumou e nunca morreu por causa do cigarro..huahauhhau

Thom® disse...

...nunca morreu...? Ué, ele por acaso morreu mais de uma vez? Huahuahua. Brincadeira heim!
Pô Ly, o vídeo já começa com o George. Caramba!
Zuados esses bítous. rs

Bedos!!

Edy disse...

A Yoko Ono só fez uma unica coisa na vida, acabou com os beatles! Deus poe algumas pessoas neste mundo, e com poucos atos acabam tornando-o um lugar melhor! uhauhhuahuauhua

flá disse...

Q bosta é essa?! tinha q ser no tosg!!!