23 de julho de 2010

Amélia!


Amélia que era mulher de verdade!
Durante o dia, Amélia cuidava dos filhos,cuidava da casa,cuidava de cozinhar.
Atendia clientes, aconselhava os amigos, falava palavrão e ainda contava piada.
Amélia corria contra o tempo e reclamava da vida.
Amélia esperava o marido para beijar na boca e trabalhava.
Amélia passava a madrugada trabalhando e pouco antes do sol raiar, deitava-se um pouco.
Dez horas da manhã, Amélia atende o telefone e ouve do outro lado:
- Amélia, sua preguiçosa, isso é hora de acordar?
Amélia não tinha a menor vaidade!

2 comentários:

Laercio disse...

A vida não era sempre justa como as calças de Amélia.

Edward Félix disse...

o periodo de Amélias está no fim... difícil achar um homem que se sente bem ao lado de uma... (mas que existem... existem) rs